Novo grafite de Banksy

Recentemente o artista inglês Banksy esteve em Nova York para grafitar um muro em homenagem à artista e jornalista turca Zehra Dogan, que foi presa e condenada a quase três anos de prisão em seu país por simplesmente pintar um quadro. O mural foi realizado no East Village, em Manhattan, com as devidas autorizações legais.

Como não poderia deixar de ser, Banksy aproveitou a estadia para também trabalhar em seu estilo – sem autorização nem anúncio, grafitando um local inesperado, deixando sua marca e desaparecendo em seu célebre anonimato. Um novo grafite em Nova York já foi confirmado como sendo de Banksy, em sua conta no Instagram.

O mural de Banksy pela liberdade de Zehra Dogan

O grafite já confirmado foi feito em Coney Island, e traz um empresário – um tanto similar à silhueta de Donald Trump – “chicoteando” a população com uma daquelas setas indicadoras dos movimentos nas bolsas de valores, como que expulsando as pessoas em nome do mercado. Banksy postou uma foto do trabalho em sua conta no Instagram.

O novo grafite já confirmado ser de autoria de Banksy

Já há um outro trabalho, porém, bastante ao estilo do artista inglês, que ainda não teve sua autoria confirmada, mostrando um homem carregando dinheiro, com a legenda: “Você saqueia, nós registramos”.

Antes disso, ainda nesse ano, o primeiro Banksy comprovado feito em Nova York mostra um rato dentro de um relógio, correndo como se estivesse em uma daquelas rodas de exercício em uma gaiola.

Esse trabalho, no entanto, já foi removido pelos donos do prédio.

Um dos mais importantes artistas da atualidade, Banksy ainda mantém sua identidade verdadeira desconhecida. Muito se especula sobre quem estaria por trás dos grafites em estêncil, e até o vocalista da banda Massive Attack, Robert Del Naja, tornou-se um dos maiores suspeitos.

 

Fonte: Hypeness

FALE CONOSCO

Entre em contato conosco pelo formulário abaixo, enviando seu currículo, seu portfólio ou sua dúvida. Entraremos em contato com você, assim que possível!